quarta-feira, 5 de julho de 2017

Chamar homossexualidade de pecado pode dar cadeia na Suécia.