sábado, 1 de julho de 2017

AO SOLTAR HOMEM DA MALA, STF EVITOU SUA DELAÇÃO

Parece que o “furo” do Noblat era barriga mesmo, ou então parte da pressão para soltar Loures e blindar Michel Temer.
Quando se trata dos interesses do golpe, o STF se torna imediatamente garantista e respeitador dos direitos dos presos à liberdade.
Palocci, Vaccari, Dirceu (até ontem), empreiteiros, ninguém teve colher de chá no STF. Genoíno foi torturado por muito tempo, mesmo seriamente doente, sem que lhe dessem direito a cumprir pena domiciliar.
Já o homem de Temer, flagrado correndo pelas ruas com uma mala pesando meio milhão de reais em propina, é solto imediatamente.