sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Carrie Fischer, a Princesa Leia de 'Star Wars', e sua mãe terão funeral conjunto

Carrie Fisher, atriz que interpretou a Princesa Leia na saga "Star Wars", e sua mãe Debbie Reynolds terão um funeral conjunto, segundo o site TMZ. Debbie morreu no dia 28, vítima de uma Acidente Vascular Cerebral, um dia após a morte da filha, que sofreu uma parada cardíaca.
Debbie Reynolds e Carrie Fisher (Foto: Foto AP/Jill Connelly)Segundo o site TMZ, a família ainda define os detalhes de como será o funeral, mas possivelmente será uma cerimônia privada.
Carrie tinha 60 anos e foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na sexta-feira (23) após sofrer uma parada cardíaca dentro de um avião, pouco antes de a aeronave, que veio de Londres, pousar em Los Angeles.
Fisher repetiu sua atuação como Leia recentemente em "Star Wars: O Despertar da Força" (2015), e estava escalada para aparecer no oitavo episódio da série, ainda sem nome oficial, com estreia prevista no Brasil para 15 de dezembro de 2017.
Debbie Reynolds morreu aos 84 anos, um dia após sua filha. O filho de Debbie, Todd Fisher, confirmou ao site TMZ que a mãe não resistiu após sofrer um Acidente Vascular Cerebral. "Ela está com Carrie", disse.
Antes, ao ser transportada para o hospital, a condição de Debbie foi avaliada como "entre moderada e grave" (o que significa que os sinais vitais estavam instáveis, mas não chegavam a um nível crítico), ainda segundo o TMZ.
A carreira de Debbie Reynolds como atriz e dançarina foi marcada pelo musical "Cantando na Chuva", de 1952, com Gene Kelly e Donald O'Connor. Ela também atuou nos fimes "Será que ele é?" (1997) e "O Guarda-costas" (1992), entre outros, e em séries como "Uma família da pesada" (2008) e "Will & Grace" (1999-2006).
Debbie oi indicada ao Oscar de 1965 por "Inconquistável Molly", ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 1997 e, em 2016, a Academia lhe concedeu o prêmio humanitário Jean Hersholt. Ela também foi indicada cinco vezes ao Globo de Ouro (1951, 1957, 1965, 1970 e 1997) e uma vez ao Emmy (2000) e ganhou diversos prêmios de menor expressão.