sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Internado, Guilherme Karan não fala e não anda

Ator foi diagnosticado com a síndrome de Machado-Joseph, em 2005. Aos 57 anos, Guilherme Karan está internado há 1 ano e meio no Hospital Naval Marcílio Dias, na zona norte do Rio de Janeiro
Aos 57 anos, Guilherme Karan está internado há 1 ano e meio no Hospital Naval Marcílio Dias, na zona norte do Rio de Janeiro. O ator é portador da síndrome de Machado-Joseph – uma doença degenerativa que faz com que a pessoa perca a capacidade motora. O pai dele, Alfredo Karan, disse que o estado de saúde do artista é bem delicado."Consegui que ele ficasse internado no Marcílio Dias. Lá ele é muito bem tratado. Guilherme perdeu as funções motoras. Não fala, não anda, mas é completamente lúcido", disse ao “Ego”.A enfermidade foi passada a Guilherme por sua mãe, que já faleceu com a síndrome. Os outros três irmãos de Karan também apresentaram a doença – dois já morreram e a mais nova, Luciana, está doente.“A perda do equilíbrio é o primeiro sintoma. Depois vêm os outros degenerativos. No início ele estava aqui em casa comigo e não queria receber visitas. Mas na época o convenci a deixar que os amigos viessem vê-lo. Glória Perez, Tessy Callado... São algumas que sempre o procuraram”, disse.O almirante da marinha relatou que chegou a ver o herdeiro chorando ao assistir a uma cena de “Meu Bem, Meu Mal” (1990). "Ele sofre muito em não poder trabalhar mais."Afastado das telinhas desde “América”, em 2005, Karan já fez diversos trabalhos na TV e no cinema. Relembre nas páginas a seguir!

Aos 57 anos, Guilherme Karan está internado há 1 ano e meio no Hospital Naval Marcílio Dias, na zona norte do Rio de Janeiro. O ator é portador da síndrome de Machado-Joseph – uma doença degenerativa que faz com que a pessoa perca a capacidade motora.
 
O pai dele, Alfredo Karan, disse que o estado de saúde do artista é bem delicado."Consegui que ele ficasse internado no Marcílio Dias. Lá ele é muito bem tratado. Guilherme perdeu as funções motoras. Não fala, não anda, mas é completamente lúcido", disse ao “Ego”.A enfermidade foi passada a Guilherme por sua mãe, que já faleceu com a síndrome. Os outros três irmãos de Karan também apresentaram a doença – dois já morreram e a mais nova, Luciana, está doente.“A perda do equilíbrio é o primeiro sintoma.
 
Depois vêm os outros degenerativos. No início ele estava aqui em casa comigo e não queria receber visitas. Mas na época o convenci a deixar que os amigos viessem vê-lo. Glória Perez, Tessy Callado... São algumas que sempre o procuraram”, disse.O almirante da marinha relatou que chegou a ver o herdeiro chorando ao assistir a uma cena de “Meu Bem, Meu Mal” (1990). "Ele sofre muito em não poder trabalhar mais."Afastado das telinhas desde “América”, em 2005, Karan já fez diversos trabalhos na TV e no cinema.