segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Bruxelas prende duas pessoas em operações ligadas a ataques em Paris

A polícia belga realizou operações em casas em Bruxelas na noite de domingo e deteve duas pessoas para interrogatório em uma investigação ligada a ataques militantes em Paris que deixaram 130 mortos em novembro, disseram procuradores federais.
As duas pessoas, detidas próximo ao moderno bairro de Dansaert, no centro de Bruxelas, vão se apresentar a um juiz nesta segunda-feira, que irá determinar se eles podem ser mantidos por mais tempo, disseram procuradores belgas.
Os procuradores não especificaram se os dois eram suspeitos, mas acrescentaram que as operações foram realizadas em conexão com os ataques em Paris.
Após os ataques em Paris, o foco da investigação se voltou à Bélgica, onde diversos suspeitos de ajudar aos militantes foram presos.
O cidadão belga fugitivo Salah Abdeslam, que é suspeito de envolvimento direto nos ataques de Paris, ainda está foragido.